Milenar e histórica: conheça a origem das joias

Falar de joias é narrar a origem e desenvolvimento da sociedade. Os adereços em ouro, por exemplo, são utilizados por várias civilizações pelas suas crenças e mitologias, como símbolos de proteção, status social e fins práticos. E sabe desde quando eles existem? Sempre! Da pré-história até hoje. A gente traz uma linha do tempo para você entender a origem e importância das joias. Vem ver:

Tudo para você relaxar em casa a um clique

Linha do tempo

Apesar da data de origem incerta e das diversas formas de uso, que variam de acordo com a civilização, foi na pré-história que as joias surgiram, quando eram feitas com ossos, pedras, dentes. Já no Egito, elas representavam as crenças dos deuses e eram lapidadas como escaravelhos. Os gregos também utilizavam os adereços para retratar as cenas da mitologia, e em Roma as esmeraldas e pérolas ganharam ainda mais espaço.

A Idade Média também foi marcante para a joalheria. É que na época os primeiros ourives, profissionais na fabricação de joias, surgiram. No período, os itens também serviram como símbolos religiosos e eram utilizados para a diferenciação das classes sociais. Isso sem falar das joias bizantinas, góticas, do Renascimento, Barrocas, a Art Noveau até as semijoias e bijuterias, que também têm papéis importantes na história das joias.

Hora de garantir a sua

Agora que você ficou por dentro da origem e trajetória das joias, que tal garantir a sua? São várias opções encantadoras, elegantes, clássicas e estilosas. E o melhor: tudo sem sair de casa!

*Ofertas e estoques de responsabilidade das lojas. Frete com valor fixo de R$ 9 para todas as compras e frete grátis apenas para compras a partir de R$ 250. Quem fizer a primeira compra também tem direito a frete grátis 😊. Consulte a área de cobertura de entrega.

Deixe uma resposta

Categorias

Usamos cookies para personalizar e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade. Mais informações.